Hipnose

Hipnoterapia

Hipnose, segundo a atual definição pela Associação Americana de Psicologia, é um estado de consciência que envolve atenção focada.

É um estado mental ou um tipo de comportamento usualmente induzidos por um procedimento conhecido como indução hipnótica, o qual é composto de uma série de instruções preliminares e sugestões.

A hipnose é um estado de concentração, uma maneira de acessar diferentes níveis do seu subconsciente, descobrindo o que dispara seus gatilhos indesejados. Aprendendo a fazer novas e melhores escolhas. Te levando a encontrar a melhor versão de você mesmo.

O que fazemos numa sessão de hipnoterapia é conduzir o cliente através da hipnose fazendo com que ele diminua a parte consciente da sua mente, acessando assim as informações que estão em seu subconsciente, descobrindo a causa do problema.

Dessa forma, podemos ressignificar as experiências e consequentemente gerar as mudanças desejadas em seu comportamento. Isso só funciona com o consentimento da pessoa que será hipnotizada.

A hipnose age na memória inconsciente, podendo destravar gatilhos e desfazer caminhos neurais de repetidos “boicotes”, ações que as pessoas tomam e depois se arrependem perguntando porque fizeram aquela escolha que os prejudicaram.

O subconsciente é responsável por 5 coisinhas:

  1. Emoções
  2. Hábitos
  3. Instinto de autopreservação
  4. Ociosidade (preguiça)
  5. Memória de longo prazo

Se ela registra tudo, por que não consigo me lembrar de certas coisas?

Vale mencionar que as pessoas podem ter diferentes experiências com a hipnose. Algumas entram em hipnose muito facilmente, enquanto outras precisam de algum treino para realmente alcançar níveis mais profundos, como o que chamamos de “sonambulismo”. Em alguns casos será recomendado um tratamento multidisciplinar.